O seu seguro vale muito mais do imagina

seguro auto

A generalidade das pessoas paga o seguro automóvel e nunca chega a utilizá-lo em tudo a que têm direito, porque… em muitas situações, nem sabem como e quando o podem utilizar.

Muitos clientes nunca acionam uma determinada cobertura da assistência em viagem do seguro automóvel, porque não sabem que têm esse direito.

E esta situação tão simples, pode representar a poupança de centenas ou milhares de euros numa emergência.

Se tem um seguro automóvel, há uma cobertura que pode usar, mesmo que tenha deixado o carro em casa: é a assistência em viagem.

A maior parte das pessoas associa a assistência em viagem, com o reboque do carro! Mas é uma cobertura que vai muito para além disso, apesar da definição restritiva mencionada na ASF (Autoridade Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões) em “Que outras coberturas se podem contratar” no seguro automóvel.

Um exemplo, para sermos mais elucidativos do que estamos a falar:

O Manuel, fez uma surpresa à sua esposa, a Patricia, e foram passar o fim de semana a Paris, para comemorar os 10 anos de casamento.

No sábado à noite, o Manuel sentiu-se mal. Chamaram a emergência médica e foram para um hospital particular em Paris, onde lhe diagnosticaram um problema cancerígeno no estomago. O Manuel era uma pessoa saudável e nunca suspeitou, ou seja, pode acontecer a qualquer um de nós.

A situação já era delicada e ainda mais complicada porque estavam no estrangeiro…

Felizmente, o Manuel recordava-se de ter falado com o seu mediador sobre as garantias que a Assistência em Viagem do seu seguro automóvel, lhe proporcionavam.seguro automovel

Ligou para a seguradora do carro que, lembramos, não foi utilizado na viagem e de imediato recebeu todo o apoio a que tinha direito.

A assistência em viagem pagou as despesas que o Manuel, decorrentes do episódio de saúde que teve em Paris, incluindo o transporte com acompanhamento médico para Portugal.

Também pagou o hotel da Patricia, durante os dias que esteve a acompanhar o Manuel.

A assistência em viagem do seguro automóvel, não é só para o carro, é também para si e para todo o agregado familiar

Atenção, que esta situação de cobertura de despesas médicas, alojamento e viagem de regresso, em caso de acidente ou doença, só pode ser usada quando está no estrangeiro.

Mas pode acontecer a qualquer um de nós e também inclui os filhos ou qualquer membro do nosso agregado familiar.

Em que situações esta cobertura pode ser acionada?

Alguns exemplos:

  • pode partir uma perna durante um passeio por uma das ilhas gregas.
  • Ou pode apanhar uma forte gripe em Estocolmo.
  • Ou, pode desmaiar sem razão aparente, em Roma e precisar de ir a um médico ou a uma farmácia.
  • Pode ter de regressar de urgência a Portugal ou, pelo contrário, continuar lá mais uns dias ou semanas.

O seguro pode pagar, se acionar a cobertura.

É nessas alturas que se deve lembrar dos seguros que paga e se não haverá algum que se adequa ao imprevisto que está a viver.

Contratar o seguro automóvel mais barato, pode sair muito caro.

Nunca se esqueça que, por vezes pagar mais 10 ou 20 euros de seguro, para ter uma cobertura melhor, pode vir a fazer uma diferença enorme.

Quando está a contratar um seguro automóvel, a sua preocupação fundamental é: “Qual o seguro automóvel mais barato?“, mas inclui sempre a assistência em viagem. É um facto!

Nessa altura, dá sempre toda a importância ao valor a pagar pelo seguro (como qualquer um de nós) e a diferença de alguns escassos euros, pode fazer TODA a diferença quando precisar do seguro.

Reflita sobre a seguinte situação: um seguro automóvel custa 150€ e outro custa 180€ e têm ambos as mesmas designações para as coberturas. Qual é o seguro mais caro?

Nos seguros, acredite que a resposta não é assim tão óbvia…

é mais barato um pacote do mesmo arroz que custa 0,75€ ou um que custa 1,00€?

Se pensarmos, em 2 pacotes de arroz: um que pesa 0,5 Kg  e custa 0,75€ e outro, do mesmo arroz, pesa 1,0 Kg e custa 1,00€, a resposta é óbvia: o mais caro, é o que custa menos dinheiro!

Voltando ao nosso exemplo dos seguros,  e é um facto que os seguros não se conseguem pesar em Kg’s, mas podem-se “pesar” em ambitos e condições de coberturas. 

1. O que paga 150€ por ano e quando precisa dele, tem franquias (o que vai ter que suportar do seu bolso), exclusões (situações que o seguro não garante, ou seja, não paga), período de carência (período durante o qual, o seguro é como se não existisse) ou, simplesmente, não tem a cobertura que necessita e só funciona em Portugal;

2. O que custa 180€ por ano, mas que dá resposta à generalidade das situações, sem franquias, exclusões, períodos de carência e com coberturas para situações que podem realmente acontecer, sem necessidade que os “astros estejam todos alinhados e…” e funciona em todo o mundo.

Também neste caso, torna-se óbvio que o seguro mais barato é aquele que segura realmente, mesmo que custe mais alguns euros.

Mais caro é o seguro que custa menos, mas que não serve para quase nada!

seguro automovelCaros são os seguros que, por muito baratos que sejam, não dão resposta a quase nada…, ou que as condições para que deem a esperada resposta, são quase impossíveis de acontecer…

Desconfie sempre de seguros “Light”, “Low Cost”, …, nos seguros não há milagres!…

Lembre-se que os seguros assentam no principio da mutualidade: todos pagarem um determinado valor, para fazer face aos imprevistos que acontecem a alguns.

Se o referido valor que é pago por todos é demasiado pequeno, como é que se vai fazer face aos imprevistos que acontecem… só se esses imprevistos não estão realmente cobertos, ou totalmente cobertos!

…nos seguros não há milagres!

Leia sempre as “letras pequeninas” da sua apólice de seguro e das condições particulares contratadas, é aí que normalmente se encontram a surpresas desagradáveis e/ou aquilo que tem direito e que não é muito conhecido!

A Assistência em Viagem pode ser a sua salvação, numa viagem pelo estrangeiro

Se paga, convém saber o que pode utilizar, se precisar. Para isso tem de saber o que contratou.

Os seguros mais baratos têm tantas exceções e limites que provavelmente não tem mesmo direito a essa assistência em viagem, ou então, a uma assistência muito, restrita, que poderá servir para… quase nada!

Leia as condições gerais e particulares do seguro automóvel, é lá que estão as coberturas e os valores que o seguro cobre em cada situação.

Normalmente, há uma enorme lista de serviços a que tem direito, através da Assistência em Viagem do seguro automóvel.

Sabia que se for assaltado no estrangeiro, a seguradora envia-lhe dinheiro (o valor depende de seguro para seguro, pode ser 1.000 euros, mais, ou menos…) para fazer face a despesas inevitáveis?

Embora tenha de devolver o dinheiro quando regressar a Portugal, pode ser uma ajuda crucial para conseguir regressar.

Alguns exemplos que a assistencia em viagem do seguro automóvel pode ser uma enorme ajuda:

  • As malas perderam-se;
  • Está fora do país e morre um familiar seu, o seu seguro do carro pode pagar a viagem de avião de regresso.
  • Se tiver um incêndio ou inundação em casa enquanto está no estrangeiro, o seguro pode pagar a sua viagem de regresso.

São muitas as situações cobertas… verifique o que a sua apólice contempla.

Muito importante e que nunca se pode esquecer, tem de ligar para a Assistencia em Viagem, antes de fazer qualquer despesa

Nunca se pode esquecer desta condição!

Tem sempre de entrar em contato telefónico com a Assistência em Viagem, antes de fazer o que quer que seja que incorra em despesas cobertas pelo seguro. No caso de pretender ser ressarcido dessas despesas.seguro automovel

Não pode apresentar as despesas depois, sem antes ter sido autorizado a fazê-las.

A exceção é se estiver inconsciente.

Deve contactar a assistência em viagem o mais depressa possível, para ser ela a tratar de tudo.

Se apresentar as despesas, quando chegar a Portugal, a seguradora não vai aceitar, se não houve uma prévia autorização.

Os seguros, são daquelas coisas que seria bom que nunca precisasse delas, mas já que existem e que as paga, usufrua daquilo a que tem direito.

Se um dia precisar, nunca se esqueça que as coberturas da assistência em viagem do seu seguro automóvel, vão muito além do reboque.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe os seus comentários

0
simulações enviadas

poupe também nos seus seguros

clique na imagem
particulares
Simulações para Particulares
empresas
Simulações para Empresas